Vestido xadrez

Fixei os olhos no alto do armário velho e aguardei ansiosamente. As mãos claras da minha mãe abriram a porta superior com cuidado e remexeram várias sacolas plásticas guardadas ali há um tempo que não era possível mensurar. Em poucos minutos, retirou um embrulho pequeno e o levou até a mim. – Abra. Toquei as […]

Continue lendo →