Sobre histórias com H

Vez por outra fico me indagando sobre como começam as histórias. Parece tolice, mas isso me fascina. Deuses, destinos, acasos, coincidências, escolhas, propósitos, providências divinas, um esbarrão na rua – respostas não faltam. Eu sempre prefiro o mistério de não me decidir ao certo em qual delas assinalo, apenas as que elimino. Os amores que […]

Continue lendo →